Subir

5 Motivos para investir no marketing digital

Seu site na internet sempre será a espinha dorsal de todas as suas estratégias de marketing e deve crescer junto com a web, tanto técnica quanto visivelmente.

Se você tem acompanhado nossos posts de blog, você sabe que sempre mencionamos o quão importante é ter um site sólido, um design ótimo e responsivo, um aplicativo com ótimos recursos de UX/UI, páginas otimizadas, e assim por diante.

Estamos em 2021, e as empresas que ainda não exploraram o cenário digital estão perdendo muito tempo, e isso é um fato. Felizmente, a grande maioria dos empresários está plenamente ciente disso e já fez alguns ajustes aqui e ali em sua estratégia de negócios para acomodar a mudança digital e todos os seus benefícios/requisitos.

No entanto, ainda há algumas coisas que alguns empreendedores por aí podem não estar usando em todo o seu potencial. Uma dessas coisas, senhoras e senhores, é o único núcleo de sua presença online, seu site institucional.

Dito isso, o artigo a seguir se concentrará em explorar todas as oportunidades de marketing e geração de receita que um grande site pode oferecer e lançar mais luz sobre onde alguns proprietários de sites podem não explorar essas mesmas estratégias ao máximo.

Presença de marca através do seu site

Pergunte a qualquer experiente proprietário de site ou comerciante, e eles lhe dirão que no mundo de hoje, você simplesmente não pode marcar o seu negócio da maneira certa se você não tiver uma presença on-line poderosa. A base para seus esforços de marca deve ser seu próprio site, e é por isso que você deve fazer tudo ao seu alcance para fazer sua marca brilhar.

Além disso, leve em consideração que, na era digital, as pessoas não estão necessariamente comprando produtos – estão comprando experiências. Eles querem fazer parte da história que sua marca representa, dizem seus produtos. Você é um negócio que é tudo sobre luxo? Aventura? Um estilo de vida cheio de ação e ativo?

Não importa qual seja o caso, seus esforços de branding podem ser melhor representados em seu site.

Tudo, desde imagens, vídeos, conteúdo escrito, até tipografia, pode ser adaptado de uma forma que melhor se encaixa e conta sua história. Não importa quantos outros canais você use, eles simplesmente não permitem que você personalize totalmente cada pequeno detalhe para se adequar à imagem e necessidades da sua marca. Somente em seu site você terá a liberdade absoluta para fazer isso.

Quando seu site é a espinha dorsal da sua estratégia de marca, ele pode ajudá-lo a ganhar e conquistar mais clientes.

As pessoas finalmente verão a empresa por trás do produto (em um sentido digital), e quando um site é criado com todos os seus esforços de branding em xeque, eles entenderão sua visão, missão e história.

Melhor valor de negócio – a marca vai ajudá-lo a criar uma forte presença no mercado que pode ajudá-lo a gerar ainda mais negócios e receita ao longo do caminho. Além dos clientes, outras empresas e investidores também irão notar quando sua marca gritar sucesso.

Confiança – você conhece esse cenário quando você apenas olha para o logotipo de um produto e imediatamente sabe que é de qualidade. Bem, estratégias e práticas adequadas de branding em seu site, emparelhadas com serviços/produtos/gerenciamento de clientes impecáveis, podem transformá-lo em uma dessas empresas cujo logotipo fala de prestígio.

Mais clientes –quando você deixar as pessoas saberem sobre sua marca, mais e mais delas ficarão intrigadas para saber mais sobre você, e você pode ganhar sua simpatia com o site certo e os esforços de marketing.

Melhores resultados publicitários – ótimo marketing digital e bom branding combinam como um cavalo e uma carruagem. Um completa o outro. Isso significa que, sem uma marca sólida, seus esforços de marketing digital, em geral, podem ser inúteis, enquanto uma marca excepcional pode permanecer despercebida sem a estratégia de marketing necessária.

A marca, em geral, é mais concisa e abrangente em seu site. Instagram e Facebook também são ótimas plataformas onde você pode aumentar a conscientização e contar sua história, no entanto, essas plataformas nunca lhe darão a liberdade que você pode obter com seu próprio site. Então, sempre que você quiser aumentar o seu jogo no departamento de marca, seu site deve ser sua primeira parada para fazer as mudanças desejadas.

Design / funcionalidade /conteúdo

Como já dito acima, seu site é um testemunho de sua missão e visão empreendedora, com os outros canais de marketing todos apontando para ele, ajudando você a levar os consumidores a entrar para ele, onde você pode alcançar seus objetivos de marketing com facilidade.

É aqui que se torna ainda mais interessante. Veja, os visitantes do site de hoje são, de certa forma, mais exigentes do que eram há apenas uma década. Primeiro, você precisa agarrar e manter sua atenção, então você precisa permitir que eles se envolvam com seus serviços/produtos/conteúdo da maneira correta, e permitir que eles entrem em contato/compre de você da maneira mais conveniente possível.

Para ter um site tão atraente, ele deve ser tratado como uma prioridade de marketing de longo prazo.

Dito isto, o conteúdo, design, recursos e funcionalidade do seu site devem ser sempre a estrutura de sua estratégia de marketing, que seja marcando ou atingindo determinados objetivos de negócios.

O problema é que muitos empresários tendem a ignorar a importância do desenvolvimento do seu site de forma correta, e com isso perdem muitas oportunidades de marketing. Em vez disso, eles cedem a diferentes modas e outras iniciativas de marketing que podem até ser frutíferas, no entanto, não a longo prazo.

Por outro lado, aqueles que trabalham constantemente em seu site de conteúdo, identidade de marca e apresentação dos dois sempre terão uma forte presença online.

Pense assim: crie um site como se todos que o visitam revisassem cada pedacinho sobre ele. Você tem que oferecer o melhor se quiser ser o melhor, e isso vale não só para seus produtos, mas também para o seu site.

Dito isso, aqui estão alguns fundamentos em que você deve se concentrar:

O site deve declarar claramente seu propósito, permitir que possa estar vendendo produtos, oferecendo serviços ou apenas compartilhando informações sobre a marca.

O site deve ser responsivo para que os visitantes possam acessá-lo e ter uma experiência positiva com ele em todos os dispositivos.

A navegação e o design devem ser fáceis e intuitivos. Deve ser único e representar com precisão sua marca.

O site deve oferecer um conjunto abrangente e conciso de diferentes páginas com todas as informações atuais e autoritárias que são relevantes para sua marca, negócios e indústria.

Ele deve ter todos os recursos de segurança mais recentes para resistir a ameaças cibernéticas, para proteger a si mesmo e seus visitantes.

Por que todas essas coisas são significativas?

Por exemplo, focar no design não é apenas uma questão estética. Hoje em dia, as empresas de web design levam em conta os últimos avanços tanto na tecnologia quanto na experiência do usuário e misturam os dois juntos, garantindo que você obtenha o melhor dos dois mundos.

Verdade seja dita, se o seu projeto não estiver no ponto, as chances são de que seus visitantes abandonem seu site em apenas alguns segundos ou dentro de apenas alguns minutos.

A mesma coisa pode ser dita para o conteúdo também. Sabe o velho ditado: “Conteúdo é rei”? O design do seu site deve servir para chamar a atenção, enquanto seu conteúdo deve ser o principal motivador por trás de fazer uma compra ou para obter um serviço. É a principal fonte de valor do cliente, que assim como a marca, ajuda a construir confiança, satisfação de marca e prestígio.

Recursos técnicos

Como proprietário de um site, seu objetivo principal é crescer junto com a web, não ficar defasado. Você precisa acompanhar as últimas tendências tecnológicas com um site capaz de suportar todos os novos desafios técnicos.

Também é importante usar uma plataforma que suporte toda a funcionalidade que você tem/tinha em mente para o seu site. Recursos exclusivos podem ser extraordinariamente benéficos para reter clientes/visitantes.

Por isso, é imprescindível escolher uma solução de site que não seja limitada e priorize os objetivos de negócios do empreendedor.

Para manter seu site como prioridade de marketing, você também precisa mantê-lo visível na web. Você quer que seus potenciais clientes o encontrem com facilidade, e para isso, você quer um site que suporte uma pegada digital de longo alcance. Como tal, ele deve oferecer otimização de site sem problemas para indexação e outros processos relacionados ao SEO para que você possa construir sua autoridade on-line com facilidade.

Empurrando as vendas da maneira certa

Os proprietários de sites com sites de comércio eletrônico dirão que uma vez que você começa a vender online, seu site se torna o alfa e o ômega de seus esforços de marketing na web.

No momento, você pode estar indo bem em realizar e fechar algumas vendas aqui e ali nas mídias sociais. É indiscutível que plataformas sociais como o Facebook conseguiram revolucionar a maneira como a maioria dos empreendedores e profissionais de marketing pensam sobre marketing digital, no entanto, se você quiser dar um pontapé inicial, vender no seu site deve ser algo que você mais prioriza.

Não importa se você só quer destacar alguns produtos em seu site WP instalando o WooCommerce, ou você quer lançar uma plataforma dedicada de comércio eletrônico com centenas de itens diferentes. Seus produtos não estarão se vendendo sem a abordagem de marketing adequada e você terá que implementar as estratégias apropriadas para gerar suas vendas.

E-mail marketing e outras estratégias

Você provavelmente sabe que há um monte de coisas diferentes que você pode usar para sua vantagem digital. Além das diretrizes básicas que estabelecemos acima, existem algumas outras estratégias que você pode usar para manter seu site no centro de seus esforços de marketing.

Por exemplo, um plano de e-mail marketing bem definido pode fazer grande uso da sua lista de endereços, aumentar a conscientização sobre sua marca e pode direcionar o tráfego para o seu site, especialmente quando você usa as chamadas certas para agir em seu conteúdo de e-mail.

Dito isto, sua newsletter semanal deve ser uma parte vital de sua estratégia digital global, uma vez que pode potencialmente ajudá-lo a espalhar a palavra sobre seus especiais semanais/mensais, suas ofertas promocionais, descontos sazonais, e assim por diante.

Nesse sentido, você pode até usar a automação de marketing para atrair de volta os visitantes para o seu site a partir de sua lista de e-mail e ajudá-los a concluir uma compra.

Dito isto, suas campanhas de mídia social também devem incluir planos que levarão seu público-alvo ao seu site, onde você pode mostrar melhor seus produtos, serviços e sua marca em geral.

Conclusão

Como você pode ver, manter o seu site no topo da lista de prioridades de marketing não é apenas por vaidade. Seu espaço dedicado na web sempre será a espinha dorsal de todas as suas estratégias de marketing e deve crescer junto com a internet, tanto técnica quanto visivelmente.

Felizmente, há uma abundância de diferentes estratégias e abordagens que você pode impor para colocar seu site sob os holofotes direta e indiretamente.

Não se esqueça, seu site é sua assinatura digital, sua identidade online e deve mostrar o quão sério você está sobre fazer negócios e oferecer apenas o melhor para seus clientes.

Antes de continuar, participe da nossa Newsletter para receber conteúdos como esse.

Fique por dentro e aprenda mais!

Quer saber quais sites tiveram o maior crescimento de tráfego em seu setor? Não sabe por que sua estratégia de SEO não funciona? Ou simplesmente procurando dicas de SEO? Assine nossa newsletter para receber atualizações e dicas.

    Ao clicar em “Participar”, você concorda com a Política de Privacidade da Readmore e consente que possamos enviar conteúdo informativo. Prometemos não enviar SPAM!

    readmore

    Quais são as principais meta tags usadas no SEO?

    Veja alguns exemplos de meta tags mais conhecidas — e também mais relevantes no SEO.

    Tags canônicas

    Se você tem um site, mas por precaução resolveu criar várias URLs e disponibilizou o mesmo conteúdo em todas essas páginas, para o caso de um usuário digitar o endereço errado, por exemplo, você pecou pelo exagero e certamente já foi penalizado por isso.

    O algoritmo interpreta essa ação como a duplicação de conteúdo. Como não consegue distinguir qual é a página principal (ou original), classifica a mais conveniente e ignora as demais.

    Outra situação em que isso pode acontecer é quando o proprietário do site cria um modelo de página para desktop e outro para dispositivos móveis, ou quando replica o conteúdo completo de um blog em uma rede social.

    Nunca faça isso! Existem formas mais práticas e funcionais de direcionar URLs para um endereço único ou para tornar o seu conteúdo mobile-friendly, ou seja, responsivo para dispositivos móveis, sem que você tenha que ser penalizado por isso.

    Felizmente, as meta tags canônicas também surgiram para ajudar nessa questão.

    É como se você deixasse um recado escondido para o algoritmo do Google (“Ei, Google, se você encontrar outro conteúdo semelhante pela Internet, saiba que o original é este aqui, a versão que eu quero que apareça nas páginas de resultado!”).

    Para adicionar uma meta tag canônica no seu conteúdo, basta incluir o seguinte código em seu HTML:

    https://seusite.com.br" /> 

    Mas vale deixar claro que a tag canônica é apenas um direcionamento, uma sugestão. Assim, não significa que o buscador irá respeitá-la sempre, então tenha isso em mente.

    Meta description

    As meta tags de descrição são os famosos resumos que aparecem após os links azuis quando você procura alguma informação nos mecanismos de pesquisa.

    Desse modo, elas precisam ser objetivas, claras, conter a palavra-chave (preferencialmente no início) e ainda facilitar a localização das informações mais relevantes para o usuário.

    John Mueller, analista de tendências para webmasters do Google, explica como o Google utiliza as meta tags de descrição:

    “Para as descrições que mostramos, tentamos nos concentrar na meta descrição que você fornece em suas páginas, mas se precisarmos de mais informações ou mais contexto com base na consulta do usuário, talvez possamos pegar algumas partes da página também.”

    Em termos de SEO, a meta tag de descrição não é usada para classificação nas SERPs:

    “Essencialmente, de um ponto de vista puramente técnico, essas descrições não são uma classificação para nada. ”

    Entretanto, o Google usa o texto de meta descrição para criar os snippets de pesquisa. Logo, se você não adicionar uma meta descrição interessante para o usuário — perceba como a estratégia nunca deve ser direcionada apenas para os algoritmos — não vai adiantar aparecer nas primeiras posições.

    Se o usuário achar que o seu conteúdo não será capaz de sanar o problema ou apontar uma solução mais fácil para a busca dele, todos os seus esforços de SEO escorrerão pelo ralo.

    Ainda segundo John Mueller, as meta descrições “podem afetar a forma como os usuários veem seu site nos resultados de pesquisa e se eles realmente clicam ou não para acessá-lo.”

    Para tanto, o padrão meta tag de descrição deve atender aos limites de tamanho ideal, que, geralmente, gira em torno de 140 caracteres. Também vale ressaltar que a meta description deve ser original: nunca duplique ou copie a descrição de um conteúdo.

    Para inserir manualmente uma meta descrição no HTML de sua página da web, basta adicionar o seguinte código no conteúdo:

    <head>
    <meta name = "description" content = "Este é um exemplo da minha meta descrição.">
    </head>

    Meta keywords

    As meta tags de palavras-chave já foram muito utilizadas há alguns anos com o objetivo de ajudar o site de busca a interpretar a relevância dos conteúdos publicados na web, pois seus algoritmos tinham dificuldade de realizar essa análise de forma eficiente.

    Contudo, os webmasters perceberam que era possível alcançar um bom rankeamento ao incluir centenas de palavras-chaves escondidas no código HTML dos seus sites, independentemente se elas tinham alguma relação lógica com a essência do conteúdo.

    Em virtude disso, essa prática passou a ser mal vista pelos algoritmos e as meta keywords deixaram de ser consideradas pelos mecanismos de busca, pois direcionavam os usuários às páginas que não tinham relação com o objeto da pesquisa.

    Hoje, as meta keywords são muito úteis para descobrir as palavras-chaves que os principais concorrentes empregaram para otimizar seus respectivos sites.

    Você precisa de especialistas em SEO para gerenciar as suas estratégia de performance? Entre em contato com a Readmore e saiba mais como podemos ajudar! 

    Leia também:

    Como evitar SPAM no seu site

    Os filtros de spam, através de diferentes critérios, filtram e-mails em massa indesejados e não solicitados, evitando que cheguem às caixas de entrada.  Basicamente, eles examinam e-mails nos mínimos detalhes para garantir

    Readmore »

    Inteligência artificial no marketing digital

    A internet sempre encontra um jeito de nos surpreender. Todos os dias é uma nova ferramenta, aplicativo ou algoritmo para facilitar ainda mais nossas vidas. Marketing Digital e Inteligência Artificial fazem parte desse universo em constante expansão. Quando falamos em Inteligência Artificial, qual a

    Readmore »
    readmore
    readmore
    readmore
    readmore
    readmore