O que é SEO off Page?

SEO off page são as estratégias de otimização que você aplica fora das suas páginas. A intenção é mostrar como outras páginas da web veem o seu site, como uma referência no mercado!

O que é SEO off Page?

SEO off page são as estratégias de otimização que você aplica fora das suas páginas. A intenção é mostrar como outras páginas da web veem o seu site, como uma referência no mercado!

Receba dicas de ouro em SEO

Assine nossa newsletter e receba dicas sobre marketing digital,
criação de sites, e-commerces e SEO.

Join Us!

Subcribe our newsletter and stay up to date about the company

SEO off page é o conjunto de estratégias aplicadas fora das suas páginas para demonstrar a sua relevância no mercado e, assim, melhorar seu posicionamento nos mecanismos de busca.

Para o Google, não interessa apenas encontrar os seus conteúdos, entender sobre o que eles falam e perceber como as páginas são estruturadas. Além disso, o buscador também quer saber como o site se relaciona com o restante da web.

Se o site receber links e menções de diversas páginas, e se elas forem relevantes e confiáveis, mais pontos ele vai ganhar com o Google. Afinal, as pessoas só compartilham e referenciam aquilo que realmente tem qualidade e oferece algum valor para elas.

Pense, por exemplo, em uma página com dicas de decoração no site de um escritório de arquitetura. Essa página é citada em vários blogs sobre decoração, arquitetura e design. Melhor ainda: recebe links de grandes revistas dessas áreas!

As dicas desse escritório de arquitetura parece ser uma grande referência na área, não é? É assim que o Google pensa também.

A construção dessa rede de links que direcionam para o site — chamados de backlinks — é uma ação conhecida como link building.

O SEO off page, porém, não se limita a essa prática. A estratégia engloba todas as medidas adotadas fora do site, o que significa que toda construção de relacionamento com outros sites, mesmo que não gere backlinks, é considerada válida para a otimização.

Sabe por quê? O Google não considera apenas os links para a página como fator de ranqueamento. Ele tambémconsidera as menções ao site ou à marca para avaliar a sua relevância para o mercado.

Portanto, uma estratégia de SEO off page não precisa mirar apenas na geração de backlinks. Uma simples menção também pode ser valiosa! No entanto, os links têm um peso maior para o ranqueamento e não podem ser deixados de lado — e logo mais você vai entender o porquê.

Qual é a importância do SEO off page?

SEO off page precisa entrar nas estratégias de otimização para conquistar os primeiros lugares da página de resultados.

Para o buscador, os links e menções que um site recebe mostram o que os outros sites pensam sobre ele. Isso é um forte indicativo da sua relevância para o mercado, o que é determinante para a classificação no ranking do Google.

Este gráfico mostra o peso do SEO off page na classificação das páginas. Segundo o estudo realizado pela Moz, os fatores off page (que estão em destaque no gráfico) têm um peso de mais de 50% no ranqueamento do Google.

Criação de e-commerce e SEO

 

Para entender por que esse relacionamento com outros sites é tão importante, é necessário entender também a importância dos links.


Links são a essência da web. Foi com base na interligação entre páginas e documentos que ela surgiu em 1990 e funciona até hoje. São eles que levam o usuário de um lado a outro até que encontre aquilo que ele deseja. E é com base neles também que funciona uma busca no Google.

O trabalho do Google começa com o rastreamento das páginas da web. Para isso, ele segue o caminho que os links indicam para ele. Portanto, quando o robô acessa uma página, ele indexa os conteúdos, as palavras-chave e outras informações que ela apresenta e, logo depois, segue para os links que estão referenciados nela.

Nesse processo, o Google percebe também a relação entre essas páginas por meio dos links. Se o Google considera que um site é popular, confiável e tem autoridade no seu mercado, e esse site tem links para outras páginas, ele transmite esse valor também para elas.

Essa transmissão é chamada de link juice, um conceito importante para o link building. Link juice representa a parcela do poder de ranqueamento que uma página transmite para as páginas de destino dos links que estão referenciados nela. Esse conceito vale tanto para links internos quanto para externos.

Basicamente, o link juice pode ser entendido como um voto de recomendação de uma página para outra.

Na hora do rastreamento, o Google percebe essas relações entre as páginas. Então, quando um usuário faz uma pesquisa no buscador, o algoritmo considera — além de outros vários fatores — a transmissão do link juice para classificar as páginas que aparecem nos resultados.

Portanto, as estratégias de SEO off page são essenciais para que você busque parcerias com sites de qualidade, confiança e autoridade, que transmitam um bom link juice para as suas páginas.

Além disso, as referências que o seu site recebe de outras páginas são importantes fontes de tráfego.

O percentual não é tão alto, se comparado com o tráfego direto ou de buscadores. Mas estamos falando de um tráfego que não é pago e de visitantes que chegam ao seu site a partir da recomendação de outra página. Percebe como o tráfego de referência tem potencial de gerar mais resultados para o seu negócio

 

Quais são as diferenças entre SEO off page e SEO on page?

SEO off page e SEO on page são duas faces das estratégias de otimização. Embora sejam diferentes, elas interagem e devem ser trabalhadas em conjunto para melhorar os seus resultados.

Mas podemos dizer que você pode começar pelo SEO on page. Essas estratégias estão sob seu total controle e são aplicadas dentro das suas páginas, no conteúdo e na estrutura. Por exemplo:

  • publicação de conteúdos;
  • otimização de palavras-chave;
  • edição de títulos, intertítulos, meta tags;
  • criação de links para páginas internas;
  • edição dos códigos da página;
  • marcação de dados estruturados.

Essas medidas são necessárias para que o Googlebot entenda as suas páginas, sobre o que elas tratam e se você está oferecendo uma boa experiência ao visitante do site. Portanto, aí estão englobados importantes fatores de ranqueamento do seu site.

Porém, como esses fatores estão sob seu controle, o Google precisa de outras referências para entender se o seu site é bom mesmo. Afinal, SEO on page representa o seu site falando dele mesmo — mas o que os outros sites pensam sobre ele?

É aí que entram as estratégias de SEO off page. Com elas, você vai construir um relacionamento com outros sites do mercado para mostrar que é uma referência para eles e ainda trazer tráfego para as suas páginas.

Mas perceba que o SEO off page engloba fatores que você não controla, já que os backlinks são criados por outros sites. Você consegue, no máximo, criar parcerias ou influenciar essas referências. Eis aí outra diferença importante em relação ao SEO on page.

Embora sejam diferentes, essas estratégias não estão separadas: o SEO on page é um dos pilares do SEO off page. Afinal, ninguém vai recomendar as suas páginas se elas oferecerem conteúdos fracos, não funcionarem no celular ou os usuários se sentirem perdidos nelas. 

Além disso, os visitantes que você atrair para as suas páginas com o SEO off page devem encontrar um site bem estruturado e conteúdos de qualidade — ou podem abandoná-las na mesma hora. Só assim você vai ter resultados efetivos com esse tráfego.

Portanto, fica claro que uma estratégia não funciona sem a outra.

 

Oi 👋 é um prazer te conhecer.

Inscreva-se para receber conteúdo incrível em sua caixa de entrada, todos os meses.

Não enviamos spam! Leia nossa política de privacidade para mais detalhes.

Quais são os fatores de ranqueamento do SEO off page? 

Quando surgiu, em 1998, o Google chegou com uma grande inovação para os mecanismos de busca: o PageRank. Esse era o algoritmo inicial do buscador, que já passou por muitas atualizações até hoje para amadurecer a sua forma de classificar os sites da web.

Agora, para entender os fatores de ranqueamento do SEO off page, vamos analisar como se deu a evolução desse algoritmo e o que ele considera hoje para fazer a avaliação dos backlinks.

Acompanhe!

Popularidade

Os criadores do PageRank constataram que os mecanismos de busca poderiam apresentar os melhores resultados para os usuários com base na popularidade das páginas, em vez de colocá-las em ordem alfabética ou por assunto.

A lógica seria a mesma de artigos científicos: quanto mais citações recebem, mais relevantes são para o mundo acadêmico (sem que o autor precise correr atrás dessas citações).

Assim, quanto mais links uma página recebesse, mais relevante ela seria para o buscador. Ela poderia, então, aparecer mais bem posicionada nos resultados e ainda transmitir mais link juice para os links inseridos nas suas páginas.

Essa lógica, porém, não funcionou por muito tempo, já que era muito fácil criar centenas de links para uma página. Por isso, hoje o buscador considera muitos outros fatores na avaliação dos backlinks, que vamos ver a seguir.

No entanto, continua valendo a busca pelo maior número de referências para as suas páginas. Só não vale manipular o SEO off page, ok?

Criar backlinks em páginas falsas ou ganhar muitos links em um curto espaço de tempo podem fazer o seu site ser marcado como black hate se prejudicar no rankeamento.

Diversidade

Para refinar o algoritmo, era preciso adicionar novos critérios à popularidade das páginas.

Agora pense: o que vale mais para determinar a sua relevância, 1 pessoa citando você 100 vezes ou 100 pessoas diferentes citando você 1 vez?

Para o Google, a segunda opção mostra que você conquistou a confiança de várias pessoas (não só uma), o que é muito mais significante.

A partir dessa percepção, o PageRank passou a considerar também a diversidade de domínios com backlinks para o site.

Essa mudança já dificultou um pouco o black hat, já que não bastava apenas criar vários links — era preciso criar vários domínios diferentes com links para a página. 

Mas ainda não era suficiente. O PageRank precisava evoluir. Afinal, ainda era fácil conseguir backlinks de vários sites diferentes, mesmo que não fizessem sentido para o usuário. Por isso, novos fatores foram adicionados ao algoritmo para avaliar a relevância de uma página.

Contexto

O que você acha mais relevante para uma página sobre carros: receber backlinks de portais do setor automobilístico ou de uma revista de moda?

Para o Google, uma rede de links dentro de um mesmo tema faz muito mais sentido. Quando isso não acontece, o buscador entende que são grandes as chances de ser uma manipulação.

E, mesmo que não seja manipulado, um link fora de contexto provavelmente não tem tanto valor para o usuário, já que ele está interessado em moda, não em carros.

Então, essa avaliação do contexto entrou nas considerações do algoritmo, que passou a entender que receber um backlink de uma página relacionada à sua área de atuação tem mais valorpara o ranqueamento.

Para isso, o Google precisou evoluir a sua compreensão sobre o contexto. Hoje o algoritmo já tem uma inteligência muito avançada, que é capaz de entender a linguagem humana.

Portanto, ele não avalia apenas temas e palavras soltas que estão em torno dos backlinks, e sim os significados dos termos e as relações entre as palavras. Portanto, não adianta forçar a barra para fazer essa linkagem — eles precisam fazer sentido dentro do texto.

Além disso, o Google é capaz de perceber o posicionamento dos links na página. Se eles estão na área de conteúdo principal, ganham mais valor do que aqueles que estão nas colunas, no cabeçalho ou no rodapé.

Afinal, os links do conteúdo principal foram inseridos com uma intenção editorial e, se estão no início do texto, tendem a ser ainda mais importantes.

Texto-âncora

Outro fator adicionado à avaliação de links do Google foi o texto-âncora — aquele texto em que o usuário clica para acessar o link. Ele deve ter relação com a página de destino e fazer sentido para o leitor.

Para aquela página sobre carros, por exemplo, textos-âncora como “venda de carros” e “carros usados” contam positivamente e ajudam a ranquear também para esses termos. Por outro lado, se o texto-âncora não for relacionado com o tema, o usuário pode ser direcionado para uma página que não queria visitar, o que o Google não vê com bons olhos.

De olho nessa atualização do algoritmo, porém, muitos sites passaram a criar vários backlinks com a correspondência exata da palavra-chave para a qual queriam ranquear.

Assim, mais uma prática de black hat era adotada — e mais uma vez o Google precisava se atualizar.

Confiabilidade

Então, outro fator ainda entraria em cena: o trustrank, ou seja,o ranqueamento baseado na confiança.

O Google passou a classificar os sites mais confiáveis, por questões de segurança, idade do domínio, qualidade do conteúdo, entre outros fatores.

Para o buscador, esses sites ajudam a construir uma web melhor e mais segura e tendem a criar backlinks apenas para páginas em que também confiem.

Por isso, páginas com maior nível de confiança do Google transmitem mais link juice. As páginas que forem referenciadas por elas também ganham votos de confiança. Portanto, isso significa que backlinks de sites confiáveis ajudam o seu site a se posicionar melhor.

Menções

Com todas essas atualizações, o algoritmo do Google já está bastante robusto para avaliar os backlinks para uma página e fazer o ranqueamento a partir dessa rede de links. Porém, já falamos que as simples menções ao site também são importantes para o SEO off page.

Se o robô é capaz de ler e entender os conteúdos de um site, ele também pode identificar o quanto uma marca é mencionada por outros sites. Se ele é capaz de identificar o contexto em que essa menção é feita, ele também pode saber se essa referência é positiva ou negativa.

Então, as menções ao seu site ou marca em outras páginas, mesmo sem links, contam para o ranqueamento, especialmente em contextos positivos.

Readmore

Somos uma agência de marketing digital e SEO que reúne diversas soluções de marketing em uma única empresa, gerenciando diversos tipos de estratégias.

Categorias

Solicite um Orçamento

Apresentamos propostas comerciais personalizadas de acordo com a necessidade da sua empresa.

Desde a criação de sites às estratégias de marketing digital focadas em performance. Aumente sua visibilidade e gere resultados!

Mais Lidos

Como podemos ajudar

Fale sobre o seu projeto!

Converse com um de nossos especialistas em criação de sites e SEO para identificar qual a melhor solução de marketing para a sua empresa.

criação de sites
Insights e Dados

Veja nosso alcançe!

A Readmore é uma agência de marketing digital que aplica estratégias e técnicas de SEO com objetivo de aumentar a conversão e promover uma ótima experiência.

Veja os dados e compare os resultados!

0%
Nota de Otimização
0M+
Tráfego Gerado
0K+
Keywords Monitoradas
0+
Sites Criados
criação de sites
Insights e Dados

Veja nosso alcançe!

A Readmore é uma agência de marketing digital que aplica estratégias e técnicas de SEO com objetivo de aumentar a conversão e promover uma ótima experiência.

Veja os dados e compare os resultados!

0%
Nota de Otimização
0M+
Tráfego Gerado
0K+
Keywords
0+
Sites Criados
clientes e parceiros

Falam de nós por aí ❤️

Agência de Marketing Digital e SEO
Agência de Marketing Digital e SEO
"Serviço impecável! Aumentou o tráfego orgânico de forma incrível, por um preço justo e sempre com uma equipe parceira e solícita."
criação de sites

Marcelo Gurman

Head of Digital
"Resultados rápidos e expressivos, com feedbacks constantes e bem claros. Comprovadamente um serviço prestado por especialistas. Recomendo!"
agência de marketing digital

Marcio Santos

Diretor

Dark

Light

Dark

Light